A aposta do Capitão

O presidente do Podemos, Fernando Torres, e os candidatos a prefeito, Capitão Wagner, e a companheira de chapa, Kamila Cardoso: Fortaleza como capital nacional da inclusão

A advogada Kamila Cardoso é a candidata a vice-prefeita na chapa do agora candidato a prefeito de Fortaleza, Capitão Wagner.

Ela do Podemos, ele do Pros, foram oficializados em convenção partidária, nesta segunda/7.

Não é a chapa dos sonhos. É a possível. Um desfecho depois de muitas tentativas de ampliação da coligação.

Além de seu Pros e do Podemos do senador Eduardo Girão, Capitão Wagner vai disputar a sucessão de Roberto Cláudio (PDT) com o apoio do Republicanos, PSC, PTC, Avante, PMN e PMB.

Pelo menos três outras forças relevantes passaram pela mesa de negociações.

Heitor Freire tentou emplacar seu PSL na vice. Não conseguiu.

Em movimento inverso, Capitão tentou, sem sucesso, a adesão dos irmãos siameses PSDB e DEM.

Foram igualmente frustrantes as conversas com o MDB de Eunício Oliveira.

Restou ao Podemos indicar a então pré-candidata a vereadora.

Casada, 42 anos, mãe de dois filhos, Kamila atua a favor de portadores de deficiência e tratamentos de saúde.

O candidato a prefeito do Pros diz que Kamila, em uma eventual gestão Wagner, contribuirá para transformar Fortaleza na capital nacional da acessibilidade e inclusão.

Sem PSDB, DEM e MDB na coligação, parte do discurso manjado destes grupos políticos perde força nas estratégias da coligação Pros-Podemos.

Em seu lugar, entra um rosto novo, feminino e abraçado a bandeiras de sensibilidade social.

Essa passou a ser, portanto, a grande aposta do Capitão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *