Encontros e desdobramentos para 2022

A política tem seu tempo próprio. Não se deixa submeter a prazos de gestões públicas, mandatos eletivos ou calendários da Justiça Eleitoral. Assim devem ser vistos os gestos, encontros e declarações dos últimos dias, envolvendo o ex-presidente Lula (PT), o senador Tasso Jereissati (PSDB) e o ex-presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (MDB) – para ficarmos somente nesses três. É bem verdade que, experientes, com décadas de testemunho – quando não de protagonismo -, de ciclos de poder, deixaram se fotografar, em cenas distintas, por motivos outros. Mas com o pano de fundo da democracia, algo do qual não abrem mão.

Sobre o que não foi dito, oficialmente, vale o esforço do petista em manter o tucano cearense por perto, sinalizando para um amplo arco de aliança nacional, que poderia incluir o PSDB de João Doria e Eduardo Leite contra Bolsonaro. O mesmo raciocínio serve para o encontro de Lula com Eunício – cada um dentro das mesmas lógica e ótica de proveito mútuo. Já do ponto de vista de Tasso, lembremos que o ex-governador é declarado partidário da terceira via presidencial que, na prática, significa contrapor-se ao próprio Lula e Jair Bolsonaro (sem partido). Ou seja, podendo apontar para o apoio ao pré-candidato Ciro Gomes (PDT).

O “universal pelo regional” de Danilo Forte
O campus da UFC-Itapajé será inaugurado nesta sexta-feira (27). Mas a história começa há quase 10 anos, quando o deputado federal Danilo Forte (PSDB), então relator do Orçamento da União, empenhou recursos para a construção da estrutura física. Depois, vieram o credenciamento, junto ao Ministério da Educação, dos cursos a serem ofertados, assim como o empenho da reitoria da instituição e a doação do terreno. O mais é comemorar o “universal pelo regional”, de Antônio Martins Filho, e um novo marco no desenvolvimento, que começa a partir de agora.

A pauta de Gastão
Luiz Gastão Bittencourt, presidente da Fecomércio – CE, reuniu conselheiros e diretores, recentemente, no Sesc Iparana Hotel Ecológico. Na pauta, o papel dos conselheiros e apresentação de números, ações e projetos desenvolvidos pelas instituições Fecomércio, Sesc e Senac. Sozinho se chega mais rápido. Mas juntos vai-se mais longe. Nada mais atual.

Gestão profissional
Em tempos bicudos, gestores públicos nunca estiveram tão pressionados, com demandas crescentes e recursos sempre minguantes. Assim como planejamento orçamentário, visão de longo prazo e profissionalismo em assessoria de gestão nunca foram tão demandados. Dica da EXP Consultoria, na pessoa do internacionalmente certificado Karlo Medeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.